Sintegra

O que é Sintegra?

 Para quem é empreendedor e vive no mundo dos negócios, a dúvida recorrente e muito comum é o que é Sintegra. Como o próprio nome já indica, trata-se de um sistema que pretende integrar dados.

Mas qual a sua finalidade e que dados seriam estes? O Sintegra está relacionado ao Estado Brasileiro mais especificamente à cada Secretaria de Fazenda do Estado.
Neste artigo, vamos entender melhor o que é o Sintegra, para que ele serve e como é utilizado no país. Acompanhe!

Sintegra: o que é?

O Sintegra nada mais é do que um Sistema Integrado de Informações sobre Operações Interestaduais com Mercadorias e Serviços, ou seja, tem por objetivo acompanhar todas as movimentações comerciais das empresas em todos os estados federativos do Brasil.

Foi criado, originalmente, em 1997 e conseguiu consolidar o uso de diversos sistemas informatizados em todo o país. Resumidamente, podemos dizer ainda que o Sintegra é um importante conjunto de vários procedimentos de caráter puramente administrativo, com a pretensão de unificar informações de todos os estados brasileiros.

Efetivamente, é o Estado tendo o conhecimento e relativo controle de tudo que acontece em termos comerciais de mercadorias e serviços, uma vez que estas informações estarão contidas no Sintegra.

Para que Serve Sintegra, afinal?

De um modo geral, o Sintegra pode ser considerado como um recurso importante para o Estado, mas que, por um outro lado pode burocratizar um pouco os processos de controle estaduais e federais, no que diz respeito a impostos devidos pelas diversas empresas no país.

Se por este lado gera uma certa burocracia, por outro podemos dizer também que ele favorece a organização de todos estes dados e controles, tanto para a empresa como para o Estado. A unificação é muito bem-vinda, afinal, você terá todas as informações comerciais, a nível Brasil, integradas.

Inclusive, todos estes controles do Fisco visam exatamente simplificar o fornecimento de informações aos próprios contribuintes, como mecanismo de alavancagem para um processo generalizado de informatização de todas as operações financeiras e tributárias internas, interestaduais e com o exterior.

É bom saber também que seu uso é obrigatório para todos os contribuintes de ICMS, que emitam notas fiscais ou que tenham qualquer tipo de escrituração contábil em livros fiscais correspondentes e por meio dos recursos do sistema eletrônico de processamento de dados do estado.

Há um programa validador, disponibilizado pela Secretária da Fazenda, que serve exatamente para formalizar o envio destas informações. É importante que a empresa, preferencialmente, faça uso também de seu próprio sistema de gestão empresarial.

Com ele, todos os procedimentos contábeis serão também integralizados na própria organização e também com o Sintegra, uma vez que tais informações já estarão devidamente formatadas e disponíveis para o envio.

Quanto ao validador fornecido pela SEFAZ de cada estado, ele pode ser adquirido no site do Sintegra onde este acesso inicial ainda possibilitará ao contribuinte verificar todas as informações sobre o CNPJ da empresa e assim já realizar a solicitação do Sintegra.

GestãoClick
Logo
Enable registration in settings - general